Assis: Sindicato dos Bancários cobra cumprimento de lei no Santander

O Sindicato dos Bancários de Assis e região oficiou essa semana a agência do Santander da cidade apontando o descumprimento da Lei Municipal 3.876/99 que obriga a instalação de porta de segurança giratória com detectores de metais e vidros à prova de bala.

Com a nova forma de atendimento do banco, as portas giratórias de segurança foram retiradas, obrigando clientes e funcionários a conviverem em um ambiente totalmente inseguro.

O dirigente sindical, Fabio Escobar, chama a atenção para o descumprimento da legislação. “Estamos oficiando os órgãos competentes para cumprirem a lei. Além disso, as cadeiras disponíveis aos clientes também foram retiradas e os mesmos estão mal acomodados na fila de espera. Isso é um absurdo!”, enfatiza.

Para ele, a política do banco é priorizar a propriedade e não o ser humano. “Só no primeiro trimestre de 2019 o lucro do Santander foi de R$3,485 bilhões, um crescimento de 21,9% em relação ao ano passado. Isso demonstra que a preocupação do banco não é com o ser humano, apenas com o acúmulo de lucros”, reitera.

Ello Assessoria de Imprensa

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.