Não consegue sentir o sucesso? Você pode estar no caminho errado.

A palavra sucesso se tornou um clichê banalizado e desgastado pelo mau uso. Os “gurus” do empreendedorismo costumam cita-la para estimular seus ouvintes e leitores e alcançar o efeito desejado. Tudo bem, se a conceituarem de forma honesta.

Quando falamos de sucesso, a maioria das pessoas associa às riquezas materiais. É comum ouvir de alguém que fulano possui uma vida fracassada, pelo simples fato de fulano não possuir um belo carro, uma grande casa e outros bens de consumo que evocam status.

Meu trabalho anterior me possibilitou conhecer muitas famílias de todos os estratos sociais, pobres, ricas e muito ricas. É incrível como, depois de um determinado tempo, você chega à conclusão de que pessoas pobres podem ter mais sucesso e felicidade do que pessoas ricas. Isso acontece porque muitos se iludem com a ideia fixa de que a felicidade está além dos sete dígitos. Se fosse verdade, Kurt Cobain, Marilyn Monroe, Ruslana Korshunova e muitos outros ricos e famosos, não teriam cometido suicídio.

Uma amiga, esposa de um médico bem conceituado, contou-me, certa vez, que seu marido estava infeliz no trabalho. Que seu sonho sempre foi ter um armazém e trabalhar no balcão, atendendo fregueses (Pode rir, eu também ri quando ela me disse isso). O que você diria sobre ele? Que conquistou seu sucesso profissional? Eu diria que sua conquista profissional se tornou um garrote existencial, estrangulando seu sonho e a oportunidade de ser feliz. Será esse é o motivo da carranca macambúzia dos muitos médicos que atendem na rede pública? Vai saber, né!

Nada que lhe traga frustração e infelicidade, mesmo lhe proporcionando muito dinheiro, pode ser considerado como uma vida bem sucedida.

Muitos executivos com salários abundantes trocaram seus empregos por uma vida mais modesta. Para esses, viver com parcimônia e trabalhar com o que lhes dê prazer, se tornou um ideal de felicidade.

Sucesso diz respeito à concretização de sonhos e não ao acúmulo de bens materiais. Se você me pedisse uma definição mais prática, eu lhe apresentaria alguém apaixonado pelo seu trabalho, vivendo uma relação saudável e afetuosa com sua família. Alguém capaz de desacelerar o tempo para aproveitar, cada segundo dele, com coisas e pessoas que realmente valem a pena.

Deixe-se atrair pelo que lhe faz feliz e, certamente, encontrará o sucesso.

Por Alvaro Santos

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.