Alexandre Cachorrão é eleito presidente da Câmara Municipal de Assis. O que esperar da nova mesa?

Ontem, 18/12, foi eleita a nova mesa diretora da Câmara Municipal de Assis, ficando assim constituída:

Presidente: Alexandre Vêncio (Cachorrão) – PR

Vice-presidente: Elizete Mello (Dedé) – PV

Primeiro secretário: Eduardo de Camargo Neto -PRB

Segundo secretário: Vinícius Símili – PDT

A notícia da troca de poderes na mesa diretora da Câmara Municipal, deixa os otimistas com expectativas positivas para o próximo ano, já os pessimistas ou realistas, não esboçam nem um levantar de sobrancelhas, devido à falta de confiança em relação ao jogo político.

Não é para menos, pois esse jogo, pensando em âmbito nacional, tem virado as costas para o Estado democrático de direito e colocado a constituição na fogueira da moderna inquisição para beneficiar corruptos e esconder escândalos do poder público.

Assis, parece não ter sido diferente, 2018 foi um ano de escândalos protagonizados por sua casa de leis. Denúncias, quebra de decoro e muitas discussões acaloradas.

Assis não precisa de políticos vaidosos e ambiciosos e sim de homens e mulheres que compreendam seu papel no poder. Sua função não é beneficiar os mais ricos em detrimentos da classe média e dos mais pobres, fazer acordos de portas fechadas e misturar interesses públicos com pessoais.

O político tem o dever de olhar para as necessidades do povo, a quem deve proteção e respeito. Cada pessoa, independente da sua origem, cor, gênero, crença ou não crença, deve ser tratada com dignidade, por direito e não por caridade.

Que a nova mesa diretora e os demais vereadores abracem o povo assisense como a um filho, dando-lhe a devida proteção e cuidado. Proporcionando melhor qualidade de vida para todos.

 
Por Alvaro Santos

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.